Liga quer 1000 adeptos no Santa Clara-Gil Vicente

A Liga propôs à Direção Regional da Saúde dos Açores que o encontro entre o Santa Clara e o Gil Vicente, da 3.ª jornada da I Liga (Sábado às 16 horas), tenha uma assistência de 1.000 pessoas, seguindo as normas regionais para a Covid-19.

A proposta consta de uma missiva datada de 25 de setembro e enviada pela diretora-executiva da Liga, Sónia Carneiro, ao director regional da Saúde dos Açores, Tiago Lopes, a que a agência Lusa teve acesso.

“A proposta que vimos transmitir a essa Direcção Regional é a da realização do jogo (…) perante 700 pessoas na bancada Açores e 300 na bancada central”, lê-se no documento.

 A Liga refere que a assistência de 1.000 pessoas é definida tendo por base a circular informativa da própria Direção Regional da Saúde, que autoriza a presença de público nos recintos desportivos do arquipélago até 10% da lotação dos espaços, mediante o uso de máscara e distanciamento até dois metros entre os espectadores.

A medida regional abrange todas as competições nas diferentes modalidades e nos vários escalões, à excepção da equipa sénior do Santa Clara, porque, alegou a direcção regional, a equipa açoriana deveria cumprir as orientações da Liga Portugal e da Direcção-Geral da Saúde.

A Liga sugere que os Açores sejam o “palco para um teste para o regresso do público aos estádios” do futebol profissional, salientando o “bom resultado das experiências já feitas em competições amadoras nas últimas semanas” na região, tendo como exemplo o Fontainhas-Estrela da Amador do CdP.

António Sepulveda

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

5 − tres =

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies